Featured Slider

Análise do clipe 'One' do U2

Opa! Tudo bom? Nesse mês de novembro o disco Achtung Baby do U2 completou 25 anos desde o seu lançamento. Eu já falei deste disco aqui no blog mas hoje nós vamos conversar sobre talvez a mais famosa música do álbum: One.

one clipe

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, ‘One’ não é bem uma música romântica. 

Ela fala de uma relação entre duas pessoas que se amam, mas que já se machucaram muito. Não é uma música de separação, mas de uma espécie de ‘apelo’. Um pedido para que estas pessoas permaneçam unidas como um, apesar das diferenças (‘somos um, mas não o mesmo’). Para fazer o vídeo dessa musica, o U2 chamou o fotógrafo e diretor Anton Corbjin – que resumiu o “drama” de One em um tema um tanto quanto polemico: AIDS. Vale lembrar que estamos falando do período de 1991-1992, onde a doença era um tabu e pouco se falava ou sabia. A ideia do Corbjin é tratar ‘One’ como se fosse um filho contando para o pai que sofre da doença. Assista ao clipe abaixo:



É aí que entra toda a simbologia presente neste maravilhoso clipe de One. O vídeo começa com a banda gravando em um estúdio dentro de um círculo, em paralelo a isso aparecem cenas do Bob Hewson – que pra quem não sabe é o próprio pai do Bono. Bono e Bob jamais aparecem juntos, caracterizando bem este sentimento de ‘relação difícil e hostil’, trazido por essa interpretação da musica. Existe um pequeno documentário chamado ‘Story of One’, em que o Corbin fala justamente que ‘one’ pode ser uma família ou um casal, e que é justamente isto que mostra no clipe. Assim como tem pai e filho, também tem ‘homem e mulher’. 

O vídeo não possui uma narrativa especifica tampouco conta uma história através das imagens, mas apresenta um conjunto de cenas e elementos visuais que caracterizam os temas de dualidade e sexualidade. Assista à minha análise completa no vídeo abaixo:



Já conheciam esta versão do clipe? Gostaram da análise? :)

Animais Fantásticos e Onde Habitam: Tudo na medida certa e uma dose extra de emoção

Opa! Chegou o dia da estréia do tão esperado Animais Fantástico e Onde Habitam - baseado nos acontecimentos anteriores à saga de Harry Potter. A Elisa é mega fã da série e escreveu essa resenha super carinhosa pra gente!

animais fantásticos e ondem habitam resenha

Coloquei minha camiseta de Hogwarts e fui para a pré-estréia do filme! Meu estômago estava em borboletas, ansiosa para ver mais uma parte da franquia que marcou a minha infância. Harry Potter tem um espaço especial na minha vida! Com ele aprendi o valor da amizade, da confiança e da lealdade. Com JK Rowling aprendi que a criatividade é algo valioso. Harry, Rony, Hermione, Dumbledore e tudo que envolve o mundo mágico de Harry Potter moram em meu coração e estão até eternizados na pele. Não consegui separar eu sentimento de nostalgia ao longo do filme, a cada cena meu coração pulava de alegria por ver novamente JK Rowling presenteando os fãs com sua criatividade.

Resenha do disco: This House is Not for Sale - Bon Jovi

Opa! Hoje trago a resenha do novo disco do Bon Jovi: This House is not for Sale :)

this house is not for sale resenha


O novo disco do Bon Jovi marca o início de uma nova fase da banda pois é o primeiro inédito desde a saída do guitarrista Richie Sambora. Além disto é o primeiro trabalho que conta com o novo guitarrista - Phil X - e o baixista Hugh McDonald - como membros originais. A faixa título - This House is not for Sale - resume bastante o sentimento da banda em relação aos novos momentos. Esta banda - representada por 'esta casa' - não está à venda! A mensagem que Jon e cia é justamente mostrar que eles continuam criativos, combativos e cheios de novos trabalhos, apesar com a baixa nos membros e os rompantes com a gravadora.


Os discos mais recentes do Bon Jovi inevitavelmente acabam seguindo um padrão: sempre tem de duas a três musicas bastante motivacionais, uma música patriota, uma mais espiritual e entre 2 a 3 baladinhas românticas. 'This House' não foge disto, mas isto não significa que não seja um bom disco ou que seja mais do mesmo. Não é. O álbum é carregado de identidade e isso é visível em praticamente todas as músicas. Assista ao meu review faixa a faixa abaixo:



Já ouviram este lançamento? O que acharam?



Guns N’ Roses em Porto Alegre: De volta aos anos 90


Opa! Na última terça-feira, dia 8 de novembro, o Guns N’ Roses fez um incrível show aqui em Porto Alegre. Eu infelizmente não pude estar presente, mas o meu amigo Lucas vai contar um pouco sobre essa experiência.

Por volta das 21h30min, três dos membros fundadores do Guns N’ Roses sobem ao palco do Beira-Rio, em Porto Alegre, para aquela que já era uma noite histórica pelo simples fato de a turnê marcar a retomada da banda com seus dois mais importantes integrantes: o guitarrista Slash e o vocalista Axl Rose. Eles não se apresentavam juntos desde 1993, além do baixista Duff McKagan. Nesse período de afastamento, Slash e Axl pouco se falaram, e qualquer boato a respeito do retorno deles ganhava destaque nas capas de sites especializados em rock do mundo inteiro.

Caindo na real: Juventude, romance e insegurança

Opa! Tudo bom? Hoje a Elisa trouxe a resenha do filme 'Caindo na Real' de 1994 :)

caindo na real poster

O filme desta semana é daqueles pra ver em um dia chuvoso, quando tu procura algo leve e descontraído. 'Caindo na Real' é dirigido por Ben Stiller (sim, o ator) e estrelado por Winona Ryder e Ethan Hawke. Não é um filme de grande importância cinematográfica, mas gostei muito dele por representar uma aura dos anos 90 e por lidar com dramas de uma jovem e de uma juventude na casa dos 20 anos.