Resenha do Documentário Amy

Opa! Tudo bem com vocês? Hoje vou falar um pouco sobre o documentário sobre a Amy Winehouse: Amy. O filme foi lançado em 2015, venceu o Oscar de Melhor Documentário este ano e é todo feito com base em filmagens caseiras, depoimentos de amigos e familiares e alguns trechos de gravações e performances. Assista a resenha completa:



Amy” começa quando a cantora tinha cerca de 14 ou 15 anos e já cantava entre os amigos e escrevia suas primeiras músicas. Amy Winehouse entra para uma gravadora e lança seu primeiro disco “Frank” em 2003. É justamente no período “Pós-Frank” que as dificuldades pessoais na vida dela começam a aparecer. É o período em que ela se envolve e termina com o futuro-marido Blake Fielder-Civil e também uma fase em que seu abuso de álcool e maconha já estão danosos. A cantora decide se internar, mas é impedida por seu pai - que quer que ela foque apenas na carreira musical. Neste período até seus dias finais acontecem muitas outras coisas que conto melhor no vídeo ;)

Amy” é muito interessante não apenas para os fãs da cantora, como também para quem conhece pouco sobre ela. Além da vida e obra de Amy Winehouse, o documentário também faz uma reflexão sobre o papel da mídia na ascensão e decadência de um artista, invasão de privacidade e até o interesse do ser humano em ver o outro cair. Já tinham assistido? :)

20 comentários

  1. Gostei bastante do videio, confesso que sempre estou correndo de documentários mais esse me encoantou.
    beijos!
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu chorei horrores com esse documentário. Sou fã até hoje da Amy, e achei produção e montagem impecáveis. Muito triste o que fizeram com ela, foi super doloroso assistir algumas cenas, mas em termos de produção, "Amy" é uma obra de arte. <3

    ResponderExcluir
  3. Ouço falar muito bem desse documentário, até foi indicado a um prêmio, não me lembro qual foi. Deve ser muito bonito, ainda não parei para assistir, mas pretendo.
    Beijos,

    Amanda
    http://talesandtalks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Arrasou na resenha. Foi uma grande perda no mundo artístico, a Amy possuía um talento e estilo tão único que não tem quem possa substitui-la ❤️
    www.blogsereiando.com

    ResponderExcluir
  5. Eu adicionei o documentário na minha lista da Netflix assim que entrou lá, mas ainda não assisti porque sei que vou precisar de uns dez mil quilos de força pra dar conta dele. Amy foi abusada de todos os lados na vida dela e é MUITO triste, e foi isso aí: ela queria fazer a música dela, ela era muito boa mesmo nisso, mas o meio a destruiu e ela ainda leva a culpa disso!
    Adorei o vídeo! Me deu mais vontade ainda de ver!

    ResponderExcluir
  6. Adoro o documentário! Principalmente por mostrar a real, que é o fato de ela ter sofrido abuso do namorado e tal. É bem pesado mas muito importante assistir <3

    ResponderExcluir
  7. Nunca soube da história da Amy Winehouse, na verdade, eu era bem pequena tanto na época que a cantora fazia sucesso tanto quanto na época que ela morreu. A única lembrança que tenho dela é do programa Pânico, que tinha um cara que imitava ela e era engraçado.

    www.aconteceucomagente.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha! Sempre gostei da Amy, e agora fiquei com vontade de assisir o filme para conhecer ela melhor :)

    Beijo!
    Cami.

    www.delamila.com

    ResponderExcluir
  9. Até hoje não assisti o documentário, eu gostava bastante das músicas da Amy, mas confesso que nunca deei tanta bola pra história dela, mas é incrível e quero assistir pra ter mais conhecimetno do assunto, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  10. Oi Duds!
    Primeiramente, você está linda no vídeo.
    Já ouvido falar sobre esse documentário, mas agora fiquei com vontade de assistir depois de assistir seu vídeo.

    Beijos

    camilatuan.com

    ResponderExcluir
  11. Já assisti o documentario e adorei, até então eu não conhecia muito bem a história dela, mas quando assisti, percebi que ela era uma garota perdida em um relacionamento abusivo. Foi uma pena o que ela passou, uma grande perda.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Caracas, eu ja tinha ouvido falar desse documentario, mas eu nunca dei muita atenção, ainda mais na epoca que foi lançado por que teve muita gente criticando e muita gente apoiando. Como não gosto de ver coisas por muvuca, então deixei dela.
    Sempre apreciei muito a voz que ela tinha, mas devo concordar que ela sofreu muito com todas as coisas que ela passou, também lembro que ja aconteceu de ela ir cantar bebada, porque o pai e o empresario queria que ela cantasse do jeito que ela estivesse.
    Ela sofreu demais e o marido também não ajudou muito, o que foi triste demais. Enfim, adorei o video, e uma dica: tenta aumentar o som na hora da edição, aqui ficou bem baixinho ta?
    Beijos.

    http://eaimarryblog.com

    ResponderExcluir
  13. Conheço pouco sobre a Amy e ainda não parei pra ver esse documentário, mas deve ser bem interessante! Parabéns pelo post e pelo vídeo, muito útil pra atualizar as pessoas desatualizadas assim como eu hahahaha
    Muito bom, beijinhos!

    ResponderExcluir
  14. Esse documentário tá na minha listinha do Netflix a um bom tempo, vou adiando pra juntar forças pra ver! Deve ser mt mt mt triste :((

    beeeijo, Já fomos legais

    ResponderExcluir
  15. Eu assisti esse documentário assim que ele surgiu na Netflix e gostei bastante! Pude conhecer melhor a história da Amy, entender o que ela sofreu! Conhecer um pouco mais do seu lado musical também, afinal, após assistir eu também passei a ouvir mais Amy do que ouvia antes.
    bjs
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir
  16. Eu ainda não assisti, mas estou morta de vontade! Depois do post, fiquei mais morta ainda!

    ResponderExcluir
  17. A Amy foi uma artista excepcional. Uma artista única, que eu tive o prazer de acompanhar enquanto ela estava viva. Eu também fiquei muito triste ao saber que ela se foi, e se foi tão cedo! Acredito que ela ainda tinha muito para mostrar, muito para superar e mostrar do que era capaz. Foi uma grande perda, eu só não assisti ainda porque não estou preparada para as lágrimas.

    Eu amei sua resenha e gostei de ter visto alguém falando sobre esse documentário que com certeza tocou a vida de quem a amava, de quem queria saber mais sobre ela. Agora fica o legado, suas músicas, que sempre despertarão novas pessoas a seguir seu estilo musical.

    Beijos,

    www.senhoritadeise.com

    ResponderExcluir
  18. Todo mundo fala super bem do documentario, que me bateu ate vontade de assistir. Voce lembra muito ela

    ResponderExcluir
  19. Eu não acompanhei Amy quando ela estava viva, mas me interessei pela história dela e queria entender mais sobre o que aconteceu com ela, a fama e a mídia podem destruir qualquer um. Ainda não tive tempo de ver, mas já está na minha lista.
    Beijinhos,
    Blog da Vicky

    ResponderExcluir
  20. Interessante a forma como você aborda o tema do documentário !!!
    fiquei interessada em assistir também !!! sucesso, bjo

    ResponderExcluir

Pode comentar à vontade, mas lembre-se que escrevi e produzi este post com muito carinho e dedicação, portanto comentários apenas com links, ~adorei, tchau~ ou ~não conheço, bjs~ serão ignorados :(

Porém, se comentares a respeito do post, mesmo se desconhecer do assunto, irei retribuir em seu blog com carinho :)