Resenha: Garota Exemplar

Opa! A Elisa nos traz hoje a resenha do filme Garota Exemplar, de 2014 e dirigido por David Fincher. Confiram :)

Baseado no livro homônimo, o filme Garota Exemplar é daqueles suspenses que não te deixa piscar um segundo. Dirigido por David Fincher - ótimo diretor, recomendo ver os outros trabalhos dele -  é um filme excelente. Baseado na relação do casal Amy e Nick, que desde o começo do filme fica claro que os personagens estão passando por uma crise no relacionamento, mas até que ponto essa crise pode ir? E é aí é que está a trama principal do filme. 
Tudo começa quando Amy desaparece na manhã de aniversário de casamento do casal sem deixar pistas, a não ser uma pequena bagunça na sala da casa e um rastro de sangue. Logicamente que o principal suspeito se torna o marido Nick, que alega o tempo todo que nunca teria coragem de matar a esposa e aí começamos a nos questionar se ele está falando a verdade. A partir do momento em que a investigação acerca do desaparecimento vai se desenrolando, o filme vai nos mostrando flashbacks da vida do casal: como se conheceram, quem era Nick, quem era Amy, e é nisto que está a grande sacada da narrativa: Nick é mostrado como um marido desleixado e preguiçoso. O diretor faz questão de dar um caráter duvidoso para o protagonista, enquanto Amy nos é mostrada o tempo todo como uma mulher que veio de uma família de muito dinheiro, culta, trabalhadora, recatada, quase fragilizada, deixando claro que o marido poderia ser culpado sim. Temos dois pontos de vista que se contrapõe para a narrativa. 

Outro ponto forte da história é uma explícita crítica à mídia sensacionalista e ao jornalismo, que usam de qualquer artifício para gerar audiência, agindo como juízes do caso. Na trama o caso é extremamente extrapolado pela mídia, e  esta chega até a acusar Nick - sem provas convictas - de matar a esposa para ficar com o dinheiro. Ele e a família vivem um inferno, pois estão sempre rodeados de repórteres, e sendo constantemente criticados. Em uma cena do filme, o advogado de Nick o orienta não para se defender juridicamente, mas como ele deve se apresentar para a mídia, bolando uma estratégia de marketing  para o caso, dificultando a Nick provar o contrário. E onde está Amy afinal? Ela foi mesmo morta?  
Para descobrir isto vocês terão que assistir (queria muito dar spoilers aqui, mas perderia a graça) mas uma coisa eu posso dizer: O filme lida com pensamentos extremamente racionais, principalmente por parte de Amy e nos mostra que o amor que temos por uma pessoa pode se tornar uma dor que nos consome, algo doentio, e que nos faz aflorar o psicopata que existe em cada um de nós. Ah, este filme também está na minha coleção cinematográfica como um dos melhores filmes que vi este ano :) 


15 comentários

  1. Assisti esse filme logo quando lançou e olha, eu já tinha lido o livro e imaginei que não teria nenhuma reação de surpresa na hora de assistir. Quebrei a cara, sai de lá apaixonada pela atuação e querendo ver de novo, só não fiz isso porque o filme é longo demais hauhauhauhauhauh

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  2. Acho que já tinha ouvido falar porque o nome não me é estranho. Me interessei e vou tentar assistir :)
    Obrigada por comentar no meu blog!
    Está rolando sorteio por lá: http://goo.gl/6mfJzD

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  3. Só tenho lido opiniões positivas sobre esse filme, preciso assistir!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  4. Li o livro e vi o filme pra um projeto em meu blog. Ainda não havia lido/visto um suspense desse tipo, e devo dizer que adorei!
    Gostei muito da atuação da Rosamund! Não a conhecia.
    Sua resenha ficou muito boa e gostei do ponto que você mencionou a manipulação das mídias, pois é bem presente em casos do tipo, né?

    Atena.X.Afrodite

    ResponderExcluir
  5. Eu comecei a ver o filme, mas não tive tempo para terminar infelizmente. Mas com certeza a história é muito envolvente !!
    Adorei o post !!
    Bjim

    blogpatyrezende.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Tô um tempão pra ver esse filme e nunca vejo! :/
    Parece muito bom!!

    Like:
    https://www.facebook.com/BLOGAngelP?ref=hl

    Big Kiss ;*
    www.angelpoubel.com

    ResponderExcluir
  7. Eu assisti e adorei! A trama é realmente muito bem bolada! Mas acho que a Amy sempre foi psicopata, mas só começou a agir como tal quando o Nick fez o que fez.
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  8. Oi Elisa!
    Ta ai um filme q levantou algmas críticas bem legais mas não fez meu tipo. Eu não sou muito chegado em temas policiais ou thrillers, então, acabo não dando muito importancia. Uma amiga assistiu e gostou, mas eu pessoalmente, acho que não teria uma reação muito positiva sobre ele.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Elisa, tudo bem?
    Preciso muito ver, Garota Exemplar, mas preciso antes ler o livro. Tenho um colega que me disse, assim coo você que o filme é incrível, mas ele também me recomendou conferir primeiro o livro.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Tenho q assistir! Adorei sua resenha, muito boa, me deixou curiosa para saber o final,embora desconfie da esposa. haha mas só vendo para saber!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/achadosdamila

    ResponderExcluir
  11. Já vi que eu estou enrolando muito para assistir esse filme. Na verdade eu ainda não assisti por causa do preconceito que meu namorado tem com o Affleck, mas eu vou acabar assistindo ele sozinha mesmo hahaha

    Zona de Conspiração | Fanpage | Canal

    ResponderExcluir
  12. Já assisti esse filme e ADOREI hahaha

    ResponderExcluir
  13. Eu morro de medo de não entender esse filme rs acho muito cabeça, pelo que vi do trailer e tal. Mas desde que foi lançado nos cinemas tô curiosa pra assistir, ainda vou parar pra ver. Eu gosto de filme que envolve jornalismo, mesmo que sensacionalista rs. Bj, Blog B de Bia

    ResponderExcluir
  14. Juro que eu imaginava algo completamente diferente desse filme :p nunca li a sinopse! Pra mim era um romance, não suspende, hehe (:
    Fiquei muito curiosa para assistir e vou tentar encontrá-lo no Netflix ❤️
    Beijos e parabéns pela resenha! Ficou incrível e muito completa :*

    ResponderExcluir
  15. Depois de ver o trailer e agora com umas palavras tuas, fiquei com a certeza de que a "culpada" é a esposa!
    Mas tua resenha ficou tão instigante que me deu muita vontade de ver o filme!
    Parabéns!

    Um beijo.

    ResponderExcluir

Pode comentar à vontade, mas lembre-se que escrevi e produzi este post com muito carinho e dedicação, portanto comentários apenas com links, ~adorei, tchau~ ou ~não conheço, bjs~ serão ignorados :(

Porém, se comentares a respeito do post, mesmo se desconhecer do assunto, irei retribuir em seu blog com carinho :)