O Último Capítulo: Mistério e terror dos anos 60

Opa! Tudo bom? Hoje a Elisa traz a resenha do terror psicológico 'O Último Capítulo' - produção exclusiva da Netflix ;)


'O Último Capítulo' é um filme dirigido por Oz Perkins e que foi ao ar na plataforma de streaming em outubro deste ano. Com duração de 1:20 min, é um terror psicológico recheado de muito suspense e extremamente lento e denso. O filme tem para mim dois grandes destaques: a história e as questões técnicas. A história se passa em uma casa com uma enfermeira que é chamada para cuidar de uma idosa escritora de livros de horror dos anos 60 que se encontra debilitada em sua casa sofrendo de amnésia. 

Ao chegar na casa a enfermeira Lilly começa a sentir um clima estranho e desconfortável. 

Porém não sabe ao certo o que pode estar ocorrendo. Em um dia sem ter muito o que fazer na casa, ela resolve vasculhar os arquivos e os livros escritos pela senhora e acaba descobrindo que a personagem principal de um dos livros chamado de A Moça nas Paredes, pode ter sido baseado em uma história real que a própria casa guarda e que a moça pode ter vivido e morrido ali.

O que eu acho mais interessante dentro da questão da história mostrada aos espectadores, é o fato de que não há diálogos. A personagem conversa com ela mesma, ela fala em voz alta tudo o que está pensando, fazendo com que entremos dentro da mente e dos medos da personagem. Outro aspecto interessante de 'O Último Capítulo' é que ele trabalha com somente uma personagem, apenas a enfermeira guia a narrativa, a senhora que ela cuida é mera coadjuvante.

O filme tem uma fotografia extremamente linda

Repleto de cores frias e com ângulos inusitados e detalhes. A trilha sonora também merece destaque, porque é composta apenas por sonoplastias, ou seja, ruídos e sinfonias. Outro aspecto também interessante é o fato de que o filme não trabalha com artifícios comuns de filmes de terror, principalmente aqueles que se passam em uma casa mal assombrada e os Jumpscares( sustos inesperados ) são completamente banido desse filme. Outra coisa que também chama a atenção é que se passa todo dentro da casa, somente varia os cômodos: do quarto para a cozinha, para a sala, para o banheiro, não há outros ambientes, dando uma sensação de claustrofobia e curiosidade.



Mesmo com um ritmo lento, denso e pesado e trabalhando com uma única personagem, com um único ambiente e sem diálogos, o filme tem um lado bem poético e consegue atingir seus objetivos com o público e conseguiu a minha empatia e admiração como arte cinematográfica.

Já conheciam este terror? Assistiriam?


22 comentários

  1. Que interessante Elisa! Eu não sou muito fã do gênero terror para filmes, mas pelo que você descreveu, acho que o filme deve ter uma fotografia linda ~ fora o lado poético, né? Vou assistir!

    ResponderExcluir
  2. cara, eu sou a maior cagona pra filme de terror... nunca viii!
    Nem durmo!!! T_T

    Vou aproveitar e te fazer um convite!
    Está rolando um sorteio especial de 3 anos de blog lá no meu cantinho. Estarei sorteando 4 itens "medievais" que podem servir pra homem e pra mulher.

    Se tiver interessada em participar vou deixar o link aqui pra você preencher o formulário.

    No mais, boa sorte desde já!

    Sorteio do blog

    ResponderExcluir
  3. UIa...deu medinha! A fotografia realmente está linda, muito bem produzida. Nao sei se veria, mas é um boa pedida. Não imaginava que tivesse umas sacadas poéticas nos diálogos, gostei disso.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  4. Nunca assisti, mas agora quero ver!
    Amei seu blog! É a sua cara, representa muito do que você é! Isso é muito raro nesse meio.
    Eu acho incrível quando o site consegue transmitir a personalidade do autor! Parabéns!
    Já sigo!!
    Sucesso! Bjos!
    www.thaydreams.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não gosto de terror, mas fiquei curiosa pra esse filme. Parece ser digamos... bonito! Pela fotografia e efeitos diferentes, parece legal, mas pra assistir eu teria que ter companhia hahahahaha :x

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Uau linda adorei ,já tinha visto falar desse filme parece ser bem legal um super beijo

    ResponderExcluir
  7. Menina morro de medo de ver filme de terror sozinha,mas confesso que gosto de ver filmes de suspense que não sei qual é pior. Vou colocar para minha mãe ver. Bj

    ResponderExcluir
  8. Oi Elisa, tudo bem?

    Não conhecia o longa, mas um filme sem diálogo, que interessante! Fiquei curiosa pra conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. meu deus, que foto foda! imagina a do filme! como ainda nao tinha ouvidi falar dele? amo terror (ainda mais psicologico) e esse titulo chama muuuuita atenção <3 ahh, tinha que ser daqui pra eu conhecer um filme bom, né? <3 haha beijo

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia sobre o filme, mas acho esses gênero de terror e suspense psicológico uma coisa divina. É muito louco como a gente consegue perceber, entender e sentir cada sensação que os personagens transparecem durante a exibição. Acho que vou procurar para assistir, gostei do trailer, realmente passa um pouco desse sentimento de claustrofobia misturado com estranhamento. Adorei ♥

    ResponderExcluir
  11. Amei o blog!
    Confesso que nem assisti o trailer porque sou MUITO medrosa kkk
    Só de olhar as fotos e ler, já senti medinho kkk
    Mas para as corajosas parece ser bem legal!
    Big beijinhos!

    ResponderExcluir
  12. eu vi esse filme recentemente e ADOREI! é super bonito, bem feito, e pra mim assustou na medida! super boa indicação

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  13. Eu não assisto muito coisas de terror, mas me interessei. Estou sem netflix, vou ficar na vontade hahah Bjs

    ResponderExcluir
  14. Legal Nunca Tinha Visto Mais Gostei meu Marido i a Adorar o Filmé Gostei Muito.bjs

    ResponderExcluir
  15. gosto deste genero de filmes e pela sua resena me interessou muito, a fotografia que mostrou parece ser muito trabalhada e esteja ja vai para minha listinha de férias. Super beijo da Luma

    ResponderExcluir
  16. Juro que quando vi a imagem achei que seria um livro :O Nunca tinha ouvido falar desse filme, tô bem curiosa! Ainda mais por saber que ele foge do terror clássico, com sustos inesperados.
    A história parece ser bem diferente de tudo que já vi, manter o filme todo em um lugar só não é uma tarefa fácil, hein. E um só personagem? Acho que esse é um daqueles filmes que só recebe criticas dos extremos: ou é amado ou é odiado, nada de meio termo.
    Adorei o post, me deixou super curiosa, já entrou na minha listinha de filmes. Quero ver logo pra vir contar pra vocês o que eu achei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Correndo pra assistir, amooooo filme de terror e esse me chamou atenção.

    ResponderExcluir
  18. Tá aí algo bem legal que estou perdendo por não ter Netflix hehe. Sério, gosto muito de filmes que são trabalhados de forma que fogem que do comum e do previsível. Gostaria de poder assistir e de me envolver com os pensamentos da personagem nesse mistério e terror *O*

    De cara com a Juh

    ResponderExcluir
  19. Nooossa, parece muito bom! Eu adoro as produções da Netflix, por isso quero muito assistir desde já!


    sorria sempre!
    www.malusilva.com.br

    ResponderExcluir
  20. OOOOOOOOOOOI

    cara, eu assisti esse filme ao acaso na Netflix e ADOREI. Embora muita gente fale mal, eu sinceramente achei uma obra-prima. A fotografia é muito linda, as cenas são bem trabalhadas e tudo casa perfeitamente.
    Acho que o problema que a massa tem com esse filme é justamente o ritmo mais lento, a maneira diferente de se desenrolar a história. Mas eu gosto e quero mais desse hein, netflix!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  21. MEU DEUS ADOREI! Você foi super clara nesse post, e me deixou com uma senhora vontade de assistir esse filme! Preciso arrumar algum amigo que queira porque pra assistir sozinha eu não consigo kkkkkkk

    ResponderExcluir
  22. Adoro ler histórias de terror mas não consigo ver filmes, é muito forte pra mim!!

    ResponderExcluir

Pode comentar à vontade, mas lembre-se que escrevi e produzi este post com muito carinho e dedicação, portanto comentários apenas com links, ~adorei, tchau~ ou ~não conheço, bjs~ serão ignorados :(

Porém, se comentares a respeito do post, mesmo se desconhecer do assunto, irei retribuir em seu blog com carinho :)