Crítica do filme 'Fragmentado'

Opa! Tudo bom? Hoje a Elisa trouxa a crítica do diferente 'Fragmentado' ;)



Fui convidada novamente pelo GNC Cinemas de Porto Alegre para a pré-estreia do filme 'Fragmentado', que estreiou oficialmente nos cinemas dia 23 de março. Levei comigo uma boa dose de expectativa, pois quando recebi a sinopse achei o tema bem interessante, pois sempre gostei de temáticas deste tipo. Mas bem, qual é a temática? O filme trata de um homem que sofre de transtorno de personalidade múltipla, que é caracterizada por um único indivíduo que demonstra características de duas ou mais personalidades e identidades distintas, cada uma com sua maneira de perceber e interagir com o meio. É como se dentro dele habitassem várias pessoas e de vez em quando alguma delas se manifesta. Gosto muito quando o cinema aborda assuntos mais relacionados à psicologia e a psicanálise, pois acho que é um prato cheio para se criar ou se basear uma história, afinal, seres humanos são sempre imprevisíveis e fascinantes.



Dirigido por M. Night Shyamalan (conhecido por dirigir “O Sexto Sentido”, que concorreu ao Oscar de 1999 em diversas categorias), e protagonizado por James McAvoy e Anya Taylor Joy. Como falei anteriormente, o filme tem como plano de fundo a condição mental do personagem e também protagonista Kevin (James McAvoy), que possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las tranquilamente em sua mente, apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra dentro de um carro em um estacionamento e as leva para um cativeiro. Lá elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar, seja por força e desespero, seja por tentar entender o que está acontecendo e como Kevin se comporta, que é a opção que Casey (Anya Taylor Joy), resolve seguir.

Enquanto as amigas tentam escapar a todo custo, muitas vezes provocando a ira de Kevin, Casey tenta se aproximar dele e tentar entender a sua condição e o que o levou a sequestrá-las. Então, devido ao seu passado, que ao longo da narrativa vai sendo mostrado em pequenos flashbacks, entendemos o porque ela quer se aproximar dele e o porque eles podem ter uma ligação que ela pode usar ao seu favor.



Lembram lá no começo do texto em que eu falei que tava com uma boa expectativa em relação à história do filme? Pois então, me decepcionei. A narrativa se desenrolou bem no começo, mas depois desandou, bem no momento em que deveria chegar ao clímax. O roteiro se confunde em alguns momentos, tu acaba não entendendo o que o personagem quer e a trama sai do viés mais psicológico e migra para um viés fantástico, quase de ficção científica e isso me decepcionou muito. Tirando o fato do roteiro não ser organizado e não se sustentar como narrativa, a atuação de James McAvoy é muito boa. Ele consegue facilmente mudar de uma personalidade para a outra com muita facilidade e demonstrando com maestria as peculiaridades de cada uma. Os planos utilizados pelo diretor também merecem destaque. Por fim, apesar da minha expectativa ter ido por água abaixo, acho sempre válido, por mais que o filme tenha críticas negativas, que a gente assista, conheça e entenda.




20 comentários

  1. eu AMO os filmes desse diretor e tem tanta gente falando bem desse filme que ja to doida pra assistir!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Putz, que pena que o filme foi uma decepção :( não conhecia ele, mas a temática é bem interessante. O ator tem que ser muitooo bom pra conseguir desenrolar 23 personalidades diferentes =O acho que podem ter focado muito nisso e esquecido do resto da história que se passava, sei lá :/

    Beijinhos
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu já ouvi falar sobre esse filme, se não me engano é um dos favoritos do meu pai, mas nunca assisti.

    Um beijo!!

    entreosmeusabracos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu quero assistir ao filme. Tem algumas pessoas elogiando e outras que não gostaram também! Normalmente eu fico bem intrigada com esse estilo de filme. Eu gosto bastante de "Garota Exemplar" e "A Garota no Trem", eles seguem um estilo semelhante? Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ahhh não acredito que esse filme é ruim, eu tava doida para ver!
    Beijinhos ❤
    Blog Ale Canofre
    YouTube

    ResponderExcluir
  6. Oi, Elisa!
    Só vi dois filmes desse diretor: Sexto Sentido e Corpo Fechado que odiei, os demais nem fiz questão de ver. A temática é boa e eu vi sendo bem explorada em outro filme mais antigo: Identidade com John Cusack já viu?
    Boa Páscoa!
    Big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Elisa!
    Eu também me decepcionei bastante naquelas cenas finais. Mas devo dizer que a atuação do McAvoy está muito boa.
    Eu queria ter visto mais personalidades.
    Beijos
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. O enredo é realmente muito interessante, mas não é um filme que eu tenha vontade de assistir, porque não faz o meu estilo.
    Mil beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/04/top-5-barbara-dias.html?m=1

    ResponderExcluir
  9. Eu fiquei bem curiosa pra ver esse filme, quero assistir aliás.
    Parece ser bem diferente, mas é uma pena que você se decepcionou :(

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho visto muitas resenhas e estou com bastante vontade de assistir ao filme. Amo essas coisa de psicológico, é o que mais me chama atenção ao assistir filmes.

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  11. Eu gostei bastante do filme, mas deve ter sido porque eu tinha o background do filme anterior do diretor "Corpo Fechado" que é no mesmo mundo de O Fragmentado. Além que mesmo com algumas coisas falhas na narrativa, existem vários detalhes que a completam. As personalidades escolhidas, pra mim, foram certeiras para a sustentação do caos ali presente.

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  12. Jura que o filme acaba indo para um viés fantástico? Nossa, jamais imaginei. Estava até querendo assistir e dei uma desanimada agora... :/

    Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
  13. Ah...toda hora vejo propagando desse filme na TV e queria muito ver. Mas ler sua resenha me deu uma muchada. Sério...fico triste que tenha se decepcionado.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  14. Oi Elisa, tudo bem? Eu li muitas críticas positivas, mas um colaborador lá do blog viu e tb se decepcionou. Ele até curtiu, mas se decepcionou! Eu quero ver, mas já verei com baixas expectativas, principalmente por conta do roteiro não organizado rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
  15. Poxa, o post inteiro achei que no final você ia dizer QUE FILMÃO DA PORRA hahahahah pena que não gostou :/ eu tava bem interessada em assistir, mas agora nem sei.
    Ah, achei que o filme tinha alguma ligação com o livro Fragmentados, mas pelo visto não tem nada a ver haha

    Gostei do post! Obrigada pela sinceridade :)

    Beijos ♡
    misinwonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi! Eu assisti esse filme, e eu achei ele muito bom apesar do final ter ido por outro caminho, realmente acabou indo pra um viés mais fantástico mesmo, mas não consegui não gostar do filme apesar disso! Realmente a atuação do James McAvoy foi espetacular!
    beijos!

    http://pitadadecinemaeleitura.blogspot.com.br/2017/04/precisamos-falar-sobre-os-13-porques.html

    ResponderExcluir
  17. Esse filme é demais! Fiquei totalmente presa a trama enquanto assistia....sem falar na tensão que senti...rs

    ResponderExcluir
  18. OOOOOOOOOOOOOOOOOOI

    ai, não creio que houve decepção com o filme :(
    desde que eu vi o trailer fiquei loka pra assistir, principalmente por confiar na habilidade do ator pra construir esse monte de personagens num só. Espero não me decepcionar também com essa experiencia ._.

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  19. Seria complicado fazer um roteiro perfeito para esse filme justamente pelo ponto de desequilíbrio do personagem principal. Mas o fato a se destacar neste filme é a espetacular atuação de James McAvoy, um ator que até então, na minha opinião, não tinha feito grandes trabalhos.

    ResponderExcluir
  20. Tava muito entusiasmada com esse filme, ainda não consegui assistir mas super pretendo. Achei ótima a sua resenha! Decepcionada antes do tempo já :( rs, acho que eu tenho as mesmas expectativas com o filme, só assistindo pra saber haha. Gosto muito desse tema porque faço psicologia, então todo filme com Q psicológico proooonto! rs

    Acho muito bacana a habilidade que os atores e atrizes tem em se transformar desse jeito, então acho que esse papel é importante pra quem assiste porque vê a atuação em sua mais profunda essência.


    www.generoproibido.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Pode comentar à vontade, mas lembre-se que escrevi e produzi este post com muito carinho e dedicação, portanto comentários apenas com links, ~adorei, tchau~ ou ~não conheço, bjs~ serão ignorados :(

Porém, se comentares a respeito do post, mesmo se desconhecer do assunto, irei retribuir em seu blog com carinho :)